Pesquisar este blog

19 de ago de 2015

SÉRIE NOVOS POETAS DO AMAPÁ 2 - MK SANTOS



MK Santos


Marcio Kaio Ramos dos Santos (MK Santos) nasceu em Macapá, capital do Amapá no dia 3 de julho de 1984. É formado em Artes Visuais pela Universidade Federal do Amapá e pós-graduado em Docência do Ensino Superior pelo Instituto de Ensino Superior do Amapá. 
Seus primeiros textos poéticos tratam de temas pessoais, principalmente os relacionados ao amor. Hoje os temas são diversos, porém o amor ainda é predominante em suas criações. 

MK Santos possui dois livros publicados: 

O poeta e o pássaro e Pablo e o Mundo Fabuloso.






O escritor possui obras publicadas em 17 antologias da Câmara Brasileira de Jovens Escritores, além de fazer parte do 1º Colegiado de Escritores Brasileiros, como Acadêmico Honorário. MK Santos totaliza mais de 100 mil leituras nas antologias virtuais da Câmara Brasileira de Jovens Escritores.


                        - - - - - - - - - - - -

P O E M A S


- - - - - - - - - - -




Poema de lágrimas

Eu queria escrever um poema feliz
algo que me remetesse a nós,
mas me faltaram as palavras

e me sobraram as lágrimas.




Vento de chuva

Noite escura,
saudades da lua.
Eu aqui na tua,
caminho pela rua
fugindo bem atento,
pois sei que com este tempo
a chuva virá  a qualquer momento,
logo após o vento.




Primavera

As flores,
as cores,
o cheiro
e os amores.



Liberdade

Caminho
como quem não tem rumo.
Vago
pela casa, feito alma penada.
Pego
uma faca, ela está amolada.
E os golpes nos punhos,
enfim me resumem a nada.

O baile

O entrelaçado de minha vida
Faz-me viver numa dança
Cujo desafio da solidão
Rotineiramente me cansa
Na busca por seus braços
Neste baile de desesperança.



Passatempo

O Amazonas é um templo
Onde sentir o vento
É o meu passatempo.









Contatos com o autor:


Clique aqui e acesse o Blog do MK Santos


__________________________________________

Nota:
Com a parceria do poeta Tiago Quingosta, do Grupo Pena & Pergaminho, vamos publicar uma série de textos poéticos, ou mesmo de prosa poética ou qualquer outro gênero, dos novos poetas que estão atualmente produzindo no Amapá e geralmente fazem parte de grupos de poesia falada. Tiago vai selecionar os trabalhos que serão publicados a partir de agora neste blogue e que se constitui em mais um canal de divulgação da nova geração poética que vem despontando no Amapá.

Nenhum comentário: