Pesquisar este blog

9 de mai de 2011

Comunicado e Convite aos escritores e pessoas ligadas ao livro e a leitura



Fomos chamado pelo Keka Cantuária, deputado estadual e escritor, ex-presidente da APES, que nos indagou sobre como está a situação da produção, distribuição e valorização da literatura local. Fizemos para ele um relato, de acordo com a nossa experiência e ele então propôs que nos reuníssemos - apenas o segmento da Literatura, para que inicialmente fizéssemos um diagnóstico e apresentássemos sugestões viáveis e capazes de estimular a divulgação e o debate, principalmente dentro das escolas, quer sejam do ensino fundamental, médio e nas universidades. Após essa reunião, ele então vai propor a realização de uma Audiência Pública na Assembleia Legislativa para que se criem condições legais de apoio aos autores e entidades, com a inclusão de leis específicas para o nosso segmento, que sempre foi relegado a último plano, pois infelizmente nossos políticos adoram festas, eventos – como em Roma antiga: Panem et circenses.


Creio que essa é uma oportunidade para que possamos elaborar propostas concretas, simples, práticas e eficazes e fazer a nossa parte – além da que já fazemos há tempo escrevendo, correndo atrás de patrocínios quase inexistentes e, quando publicando, não tendo um canal de distribuição.


Dentre as ideias está o anseio de inserir, de forma sistematizada, aspectos da literatura produzida no Amapá nas disciplinas de LP e Literatura Brasileira; realização de concursos anuais para publicação de obras inéditas; reedições de obras dos nossos pioneiros; elaboração de editais específicos e claros sobre o apoio público e criação de uma comissão editorial para planejar e fiscalizar a impressão de obras dentro dos padrões bibliográficos vigentes (normas técnicas, ISBN, código de barras, ficha catalográfica e, sobretudo, revisão ortográfica e gramatical); distribuição de obras devidamente aprovadas e que atendam as exigências pedagógicas e literárias através das secretarias de educação do Estado e dos municípios para que sejam lidas e debatidas; quotas para as bibliotecas da rede estadual, municipal e de entidades educacionais e culturais particulares; venda subsidiada em bancas e livrarias e noutros pontos de grande movimentação; criação de uma feira bienal de livros, etc.


Inicialmente, SOLICITO que nos envie, o mais breve possível, por escrito, as sugestões que julgar convenientes e que possam ser utilizadas. Que as mesmas sejam redigidas de forma bem sucinta e objetiva.

Portanto, diante dessa expectativa, peço que fique atento para que oportunamente façamos uma reunião e possamos redigir uma carta-proposta que será entregue à Assembleia Legislativa.


Atenciosamente,

Paulo Tarso Barros

2 comentários:

Grupo Central Editorial disse...

Parabéns pelo blog!
Abraços.

http://mundo-editorial.blogspot.com

Samila Lages disse...

Grande iniciativa. Estou pedindo ajuda na formulação de ideias com o Douglas do Blog Listas Literárias, mas desde já digo que sinto muita falta de concursos culturais para estimular a criação literária, prêmios para destaques da literatura amapaense e sobretudo de uma feira do livro, a exemplo das que acontecei em outras cidades do Brasil.

Abraços, e até mais!