Pesquisar este blog

14 de dez de 2012

OS SILÊNCIOS DA ETERNIDADE

O livro Os Silêncios da Eternidade é o sétimo livro de poemas de Paulo Tarso Barros. Composto de 70 textos escritos entre os anos de 1996 e 2012. São poemas que falam de sua infância, as lembranças da adolescência e os dilemas e reflexões que são inerentes ao ser humano.



Na obra também consta um resumo biográfico, relação das obras publicadas e participações em antologias e uma completa entrevista que aborda todos os aspectos da vida literária do autor e sua militância nos movimentos culturais do Amapá e que serve de guia para estudantes e professores que desejam conhecer um pouco mais sobre a produção literária no Amapá e seus principais representantes. Também estão publicados os principais textos críticos que autores como Fernando Canto, Washington Cantanhêde e Carlos Cunha escreveram sobre Paulo Tarso Barros e sua trajetória literária.

Livros publicados:

No Dentro de Mim (1986);Poemas de Aço (1986); Existencial do Pássaro Migratório (1997); O Devaneio é o Cetro do Poeta (1997); Inventário das Buscas (1997); Canção numa Hora de Encontros e Desencontros (1997); O Benzedor de Espingarda (contos, 1998); As Peripécias do Moleque Borgue (cordel, 1998); Apontamentos de Literatura Amapaense (Internet); Cartilha de Radiojornalismo para Assessoria de Juventude - GEA (em coautoria, Macapá, 2000); Datas Históricas e Comemorativas do Brasil e do Mundo (Internet); Sogra na Vida da Gente (cordel, 2004); Os silêncios da Eternidade. Virtual Books-Tarso Editora, 2012.

Participação em Antologias:

13 Contistas da Amazônia. Editora da UFPA, 1993; 7 Contistas da Amazônia. Editora da UFPA, 1993; 11 Contistas e 13 Contos. Editora da UFPA, 1997; Macapá, Retratos Poéticos. Edições Tucuju/PMM, 2002; 245 Quadrinhas de Amor a Macapá. Macapá: CAEF, 2003; Pescando Peixes Graúdos em Águas Brasileiras, de Geraldo Pereira (poemas, Goiás, 2004); Antologia Poetas do Meio do Mundo. Macapá: GEA, 2009; Antologia Contistas do meio do Mundo. Macapá: GEA, 2010; Antologia Cronistas do meio do Mundo. Macapá: GEA, 2011.

Vejam alguma fotos do lançamento ocorrido em 7 de dezembro de 2012 na Biblioteca Pública Estadual Elcy Lacerda.


Contatos com o autor e aquisição da obra:
paulo.tarso@uol.com.br
(96) 9129 9867
---------------------------------------
Publico abaixo o e-mail que remeti a todos aqueles que foram ao lançamento!
 
Para mim, aos 51 anos e desde 1998 sem lançar nenhum livro solo, foi muito gratificante receber o carinho de centenas de pessoas durante o meu lançamento.

Estive tenso e inseguro a semana inteira, pois imaginei que poucas pessoas iriam a mais um lançamento, numa sexta-feira repleta de eventos. Enganei-me.

Minha chefe preparou uma grata surpresa, com a colaboração dos meus colegas de trabalho da Biblioteca.

E estou muito feliz e agradecido imensamente a Deus pelos amigos que cultivo com muito carinho e respeito, sempre priorizando a solidariedade, o interesse coletivo e o compromisso de primeiro servir.

Registro minha gratidão e reafirmo meu compromisso de continuar defendendo a produção literária local, estimulando e, sempre que possível, colaborar com os meus confrades, professores e alunos, o que faço com satisfação.

Reafirmo meu compromisso com o livro, a leitura, a solidariedade, a ética e os valores mais elevados que a Cultura e a Literatura nos oferecem como recompensa a todos nós que somos amigos do Livro.


Fraternal abraço!

Paulo Tarso Barros

Um comentário:

Macapaense disse...

Blogueiro Cultural!!! Poxa,agradeço muito a referência e fico na expectativa da reedição de suas obras. O livro lançado já li e foi de muito aproveitamento também a entrevista ao final. Traz uma abordagem interessante aos que estudam a Literatura no Amapá.
Como leitor, parabéns e agradecimentos. Afinal

"O livro
é o elixir da alma,
o néctar dos poetas,
o oxigênio das almas aflitas"

(Paulo Tarso - trecho de "O ELIXIR DA ALMA", publicado em "Os Silêncios da Eternidade"

Rogério Castelo