Pesquisar este blog

28 de abr de 2012

O POETA É O CARTEIRO

Em Porto Grande, município localizado a pouco mais de cem quilômetros de Macapá, ele é funcionário dos Correios e exerce a mais nobre dos ofícios da empresa: carteiro, o portador das notícias, dos avisos de encomendas. Deve ser a pessoa mais conhecida e mais querida da pequena cidade. Assim como ele, milhares de carteiros percorrem diariamente as ruas de todas as localidades brasileiras, sob sol, chuva, enfrentando cachorros, moradores desconfiados, endereços confusos.
Conheci o Izaias recentemente e logo simpatizei com ele. Já sabia do seu livro de poemas "Destinados a Mim - O carteiro é o poeta", publicado por uma ongue de São Paulo. A Mary Paes, Washington Queiroz e a professora Adriana Idalino já haviam me falado dele também, que havia lançado uma coletânea de poemas. Eis a capa e contracapa do livro aqui.

Ele agora trouxe o seu trabalhao para autografar em Macapá, no Sesc-Centro, no Sarau de Outono. É mais um escritor buscando ser lido, ser pelo menos ouvido, já que nossa gente brasileira não é "chegada" a leitura - os números dizem isso, infelizmente. O Governo Federal, que tem oceanos de recursos financeiros, parece estar disposto a investir no incentivo ao livro e à leitura através do PNLL. E não faz isso por bondade, e sim porque o país precisa de pessoas letradas. E o letramento só é possível através dos livros, principalmente o bom e velho livro de papel e tinta, apesar de os e-books despontarem também como alternativa. E tomara que os espertalhões não tomem de conta dessa boladas, como ocorre sempre no Brasil com os programas governamentais, as obras públicas, que sempre acabam direcionados para poucos.
Izaias Cunha

E o Izaias José Cruz Cunha, poeta carteiro de Porto Grande, que nasceu em Belém no dia 18 de setembro de 1966, é um beija-flor que leva no seu bico de pena respingos de poesia. Está aí o seu livro. Leia. Divulgue. Abaixo, uma amostra dos seus poemas.
(Texto: Paulo Tarso Barros)



___________________________
Contatos com o autor: (96) 9117 5697
izaiaspoeta27@hotmail.com


Um comentário:

Maurileno de Lima Laurinh disse...

Li um pouc sobre seu trabalho. Suas posias sao lindas. Assim que eu tiver tempo darei uma boa olhada em toda a sua obra.