Pesquisar este blog

4 de mar de 2011

SAMILA LAGES E A LENDA DE FAUSTO

Samila Lages é administradora e trabalha na empresa comercial da família. Entretanto, ela dedica o seu tempo livre às letras. Depois da experiência de ter integrado a antologia Sinistro!2, organizada por Frodo Oliveira, agora publica seu primeiro romance. Ela pertence a uma geração cujas influências vão além dos autores clássicos e dos cânones rígidos. São autores que buscam na fantasia, nos desafios de eletrizantes jogos virtuais e na subjetividade da alma humana, nos conflitos mais transcendentais, no mistério e no terror o material de trabalho para compor obras em que o mais importante é essa incursão no sombrio, nas situações inusitadas, nos labirintos, nos mitos e lendas que povoam nosso imaginário e compõem o cenário de muitas obras contemporâneas. Assim ela define sua primeira obra solo: "A Lenda de Fausto, e como o nome indica, é uma das tantas versões que a lenda alemã já teve, com o diferencial do romantismo, drama e erotismo que eu coloquei nessa que escrevi".
Essa obra produzida por Samila, que nasceu aqui na Amazônia, é muito bem-vinda num momento em que muitos trabalhos enfocam com simplismo o etnocentrismo cultural sem que o efeito desejado seja alcançado - e a maioria dos textos, sejam eles em prosa ou versos, descambam para um reducionismo que não é compatível com as potencialidades de uma literatura que seja digna de merecer a atenção. Mesmo sendo apenas - como ela mesma diz - uma garota, não quieta mas irrequieta, percebe-se claramente que ela já delinea um rumo e sabe aonde quer chegar. Nem vamos mencionar o fator cronológico como parâmetro para avaliar sua concepção literária, pois estamos bem municiados de exemplos de precocidade nas Letras, como Arthur Rimbaud, Clarice Lispector e Castro Alves - e também de autores que só na maturidade decidiram escrever ou publicar, como Cora Coralina e Rubens Fonseca. Preferimos acompanhar com interesse essa autora pelo texto que ela produz - ela que encara o trabalho literário como um meio de se diferenciar dentro de uma sociedade massificada, mas que, dependendo de quem nela se insere, pode oferecer múltiplos caminhos para quem sabe fazer de outra maneira. Afinal, nem todos os dias aparece alguém por aqui com um romance já publicado dcebaixo do braço.
(Paulo Tarso Barros)

L A N Ç A M E N T O  D A   O B R A

   Dia 11 de março de 2011
   Local: SESC - CENTRO, na Av. Pe. Júlio - esquina com General Rondon
   Hora: 20h


Contatos com a autora:
Fones: (96) 9966 6502 / 3242 5995

A Lenda de Fausto

“Tudo começou porque os anjos caíram, e porque Ele já não mais os amava. E porque Eles queriam vingança, e por isso, aquele santo haveria de cair também.
Porque o Homem é vulnerável. Porque ele envelhece e enfraquece. Porque ele teme a morte e porque ele deseja.

Tudo.

Tudo ele quer, o ouro, o conhecimento e o prazer. Sim, o sublime prazer que acalenta a alma e faz arder a pele... E que faz cair, cair tão vertiginosamente...

Mas porque também ele ama. Ama profundamente e ama de verdade.

E talvez nisso, ele e aquele demônio se parecessem mais do que podiam imaginar.

E talvez isso valesse o preço de uma alma.”



A Lenda de Fausto, romance de estreia de Samila Lages, trata-se de uma obrasingular, não apenas por seu enfoque polêmico –o qual certamente chocará ao mesmo tempo em que encantará diversos leitores– mas principalmente pela forma como foi colocado. Não se trata apenas de mais uma das tantas versões da famosa lenda alemã sobre o médico que vendeu sua alma a um demônio em troca do conhecimento supremo. É isso e algo mais.

Assim como fizeram grandes escritores fizeram antes, Samila Lages procurou explorar toda a simbologia embutida na personagem de Fausto: um homem capaz de tudo para deter a sabedoria e o progresso. A diferença foi no enfoque escolhido, algo totalmente inovador para uma lenda já contada e recontada tantas vezes: trata-se claramente de uma linda e sensível história de amor proibido, repleta de fantasia, amor, crueldade e drama.



Depoimentos de quem leu o livro

“Um dos melhores livros que já li! Apesar da linguagem simples, os personagens cativam, a luxúria e a soberba de Belial encantam, enquanto a pureza de Fausto amolece o coração. Estava cansada dos romances clichês e das histórias repetitivas as quais eu não atribuía nenhum interesse. Depois de ler A Lenda de Fausto, descobri um tipo de literatura que me agrada e que me emociona. Quantas vezes me emocionei com este livro? Incontáveis vezes!”
Julia Aragones
“Essa é, com certeza, a minha favorita. Um médico desiludido com Deus, um demônio pronto para tê-lo. Há romance sim, mas também há tudo o que pode aparecer de um relacionamento entre um humano e o demônio da luxúria. E é necessário citar a competência da autora para desenvolver a trama. Descrições precisas e magníficas que te levam a mergulhar na época retratada. Não deixe para ler depois, leia agora. É uma história que você não vai querer deixar de ler até atingir a última palavra.”
Sheila M. – Anjo_psi


“A riqueza de detalhes me impressiona, assim como todo o cuidado que ela teve ao pesquisar cada aspecto da época, das religiões, lendas, tudo para escrever essa história. Incrível, impecável. Muito intensa e leve ao mesmo tempo. Muitíssimo recomendada.”

Anne L.

“Emocionante, instigante, apaixonante, entre outros 'ante's! No começo eu fique muito impressionada, por que tipo, a gente pensa: "Wow, como ela escreveu uma versão de uma lenda alemã?". Eu fiquei curiosa e fui atrás, e o choque do primeiro capítulo? Não foi nada do que eu achei que seria: a autora conseguiu uma coisa que eu acho super difícil: ela descreveu a história na linguagem antiga, deixando a história com um ar culto, mas ao mesmo tempo cheio de simplicidade.”

Haganoa

*  *  *  *  *  *
CONTATOS COM A AUTORA:

ryoko@yaoi.com.br

http://twitter.com/samilalages

http://samilalages.blogspot.com

Fones: (96) 9966 6502 / 3242 5995
_________________________________________
Samila Lages por ela mesma:
nasceu em uma sexta-feira 13, em Julho de 1990, na cidade de Macapá, capital do Amapá. Garota quieta e nerd, louca por RPG, power metal, fantasia e quadrinhos japoneses. Apaixonou-se a primeira vista quando conheceu o polêmico e romântico gênero Yaoi. Começou a ler e escrever fanfictions para a internet, e então contos, e então romances. Sua primeira publicação foi uma partição na antologia de contos de terror Sinistro! 2, 2010, Editora Multifoco. Tal participação lhe garantiu criticas muito positivas, inclusive seu nome sendo apontado como uma das grandes promessas do terror brasileiro para 2011 -http://listasliterarias.blogspot.com/2011/02/10-escritores-para-solidificar-o-genero.html



Samila,  Alisson Zimermann e Daniel Andrade:
lançamento de Sinistr!2
Bienal do Livro - São Paulo (2010)
A Lenda de Fausto foi o primeiro romance que conseguiu terminar, pouco depois de começar o curso de administração na faculdade. Escreveu-o todo ao som de metal e violinos, e atualmente faz o mesmo enquanto escreve contos e novos romances.

5 comentários:

Samila Lages disse...

Paulo, muitíssimo obrigada por esse espaço e pelo seu apoio! Espero ansiosa pela sua presença e de outros escritores da nossa amada terra lá no lançamento!
Abraços, muita inspiração e muitos escritos!

Mensagem Efêmera disse...

Eu já li e recomendo!

Genny LiMo disse...

Também já li o livro e achei maravilhoso, vou tentar aparecer dia 11 pra pegar um autografo. *__*

Samila Lages disse...

Por favor, apareçam! Ficarei muito contente com a presença de todos!

Aliss0n disse...

olha eu ali, tchê \o/...

enfim..

quero mt ler *-*