Pesquisar este blog

18 de dez de 2007

CARLOS KOPES

Recebemos, do nosso confrade Carlos Kopes, poeta premiado, culto, juiz e professor, o e-mail abaixo, que compartilhamos com nossos leitores e onde ele expressa a preocupação com o encerramento da publicação da revista Entre Livros. Coisas do nosso país onde, a começar pelo dinheiro público (que é o menos respeitado), as pessoas não se preocupam muito com a verdadeira literatura.
Muito obrigado, amigo, e farei de tudo para continuar com o meu trabalho e não decepcionar as pessoas que confiam em mim.


"Paulo Tarso:

Há bastante tempo não nos vemos, mas é sempre bom receber notícias suas. Acompanho suas atividades à distância, pelas mensagens que você encaminha via e-mail.
Fiquei contente ao ouvir que alunos de Tânia elogiaram seu trabalho na Biblioteca Pública, e pelo que conheço de você, os elogios não foram exagerados. Essa é uma área crítica da educação e da cultura, e todo esforço, todo apoio é bem-vindo para formar e aperfeiçoar educadores e leitores.
Nesta semana tive notícia de que uma revista que você certamente conhece, a Entre Livros, encerrará suas atividades em janeiro, por não ter atingido um número viável de exemplares vendidos. Era uma publicação fantástica, que aguardávamos com ansiedade mês a mês. A lacuna que ela preenchia no mercado volta a se abrir, e esse é apenas um exemplo de como funcionam as coisas no nosso carente e inculto Brasil.
Mas já sabemos que o processo é lento, e o que importa é persistir. Aos que me perguntam como ter um bom português, respondo (como naquela piada, acabei de me dar conta): leiam; leiam muito, e vocês aprenderão a distinguir o certo do errado, a perceber e elaborar uma boa construção estilística e gramatical.
Continue, pois, nesse esforço abnegado, quase solitário às vezes; precisamos de você.

Um abraço e o desejo de boas festas para você e sua família.

Luiz Kopes"


Kopes e sua esposa Tânia Atayde


Nenhum comentário: