Pesquisar este blog

14 de mar de 2007

DIA NACIONAL DA POESIA

DIA NACIONAL DA POESIA
14 de março
Nascimento do poeta baiano Antônio de Castro Alves (1847)

Afinal, por onde anda a Poesia?
Nestes dias turbulentos de tanta violência,
ganância,
da tresloucada corrida
por comida, trabalho,
poder, status...

Afinal,
onde se escondeu a Poesia?
Onde estão os grande poetas,
os menestréis,
os cantadores?
Onde estão os poemas que nos encantam,
nos arrebatam,
nos enternecem,
nos deixam mais humano?

A vida é muita dura,
embora bela e inexorável;
a vida não nos deixa tempo
- o tempo, esse abismo
aberto aos nossos pés,
devorando nossos sonhos,
triturando nossos amigos,
nossos amores,
nossa ternura,
nossa própria vida.

Por isso, e por muito mais,
eu carrego comigo,
talvez no fundo do bolso,
talvez num cantinho da alma,
um pouquinho de Poesia
para dividir com meus semelhantes.



Paulo Tarso Barros



Poetas do Amapá no pátio da Biblioteca Pública (em cima)
e ao lado do Teatro das Bacabeiras (2010)

Poetas reunidos na casa da poeta Carla Nobre

2 comentários:

Olivio Farias disse...

Olá! Gostei muito do blog. Eu também gosto de poemas e gostaria de divulgar no meu blog também as poesias daqui do Amapá.
Eu vi a reportagem no Roda Vida e tenho ela gravada. Gostei de ter um blog com poesias daqui do Amapá.
Parabens.
Faça uma visita no meu blog...
www.OlivioFarias.blogspot.com

julio miragaia disse...

precisamos de poesia caro Paulo, não há poesia em muitos de nossos poetas. Viva la Vitta!!!